quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Série Olfato - Parfum Exotique

O perfume na Literatura...


...No " Parfum Exotique", famoso soneto de Charles Baudelaire (reconhecido como um grande olfativo), encontramos curioso exemplo da sensibilidade (um tanto mórbida e alucinante...) desse soberbo poeta, inspirado, segundo Fouqué, na negra Jeanne Duval!




Quand, les deux fermés, en un soir chaud d'automne,
(...)

Perfume Exótico

"De olhos fechados, quando, alta noite, no outono,
Respiro o cheiro bom dos teus seios fogosos,
Vejo entreabrir-se além cenários deleitosos
Cintilando ao ardor de um sol morno de sono:

Uma ilha preguiçosa e molenga e sem dono
Em que há árvores ideais e frutos saborosos;
Homens de corpos nus, finos e vigorosos,
Mulheres cujo olhar tem franqueza e abandono.

Guiado por teu perfume às paragens mais belas,
Vejo um porto a arquejar de mastros e de velas
Ainda tontos talvez da vaga alta que ondula,

Enquanto um verde aroma - o dos tamarineiros - ,
Que passeia pelo ar e que aspiro com gula,
Se mistura em minha almaà voz dos marinheiros."




Pela negra Jeanne Duval, Baudelaire chega até ao sacrifício da sua elegância: vende, hipoteca, endivida-se; sua sensualidade é exasperante, tem crises ao vê-la e aspira cheiro de mosto na lã de carneiro de sua cabeleira.
Jeanne era, afinal, para Baudelaire, um incensário humano, onde ele, constantemente, aspirava o aroma de sua inspiração; quando ela passava, o poeta permanecia a flutuar no seu perfume negro de ébano.

Baudelaire foi , por excelência, o poeta dos perfumes e dos odores. Ele próprio escreveu:

"Minha alma revoluteia sobre os perfumes, como as almas dos demais homens sobre a música"

Se Baudelaire não inventou a poesia dos odores, soube, pelo menos, dar-lhes um lugar e uma importância nova na arte, inteiramente musical, pitoresca e plástica de Lamartine, de Victor Hugo, de Gautier, segundo Bonnetière.

6 comentários:

  1. Oi Graça, que blog mais charmoso este?! Tudo muito lindo por aqui.

    Essa postagem me fez lembrar do livro escrito por Patrick Süskind "O PERFUME" - agora em filme também. Você já leu? é uma ótima pedida este livro. O personagem central é surreal, fantástico. Eu adorei.
    Um beijo minha linda charmosa.
    chapéuzinho

    ResponderExcluir
  2. É só chegar aqui para sentir outros rumos para a alma!!!
    Passeio por cada detalhe, por cada palavra!
    Lindo!
    Beijo com carinho
    Bea

    ResponderExcluir
  3. Como no comentário anterior, lembrei-me também do livro O Perfume.

    Beijos,
    Inês

    ResponderExcluir
  4. Los perfumes, los aromas, no nos detenemos demasiado en ellos pero hasta están en la memoria.
    Bello post, lleno de fragancias.
    Besos:)

    ResponderExcluir
  5. Hum...que cheiro bom.

    amei a postagem

    ResponderExcluir

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti