segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Presente de Poeta!





Amiga Graça, este quero deixar para ti:

Graça

Encantos mais singelos da doçura
De beleza de tua Graça infantil
Reluzindo com a Graça e ternura
Colorindo de amor um mundo vil

É a Luz que do Alto vem surgindo
É a Graça que emana de uma Glória
Pelos cantos, pelo céu que tão infindo
Pela terra, pela paz, e pela história

E que venha a doce paz da inocente
Para o mundo, para povos e demais
Que abrande até mesmo o intolerante
Quebrantando os corações de muito mais

Que os anjos amorosos deslumbrantes
Cantem Glória de louvor e alegria
E as almas convulsivas, torturantes
Vivam sempre em singela harmonia

Tudo salva, na essência do Amor
Tudo abranda, tudo cura e floresce
Com a Graça, no alívio para a dor
É desejo que tornei em uma Prece...
11 de outubro de 2010 03:50






































A você, Antônio,  minha eterna gratidão*,  que  ficará aqui registrada, meu querido amigo (!),  pela singeleza expressa nesses versos que entendo terem sido verdadeiramente inspirados pelos céus!!!
Obrigada, querido poeta. 
Parabéns por doces momentos e tão delicada maneira de demonstrar conhecimento profundo da alma humana.
Deus o ilumine ainda mais!
Meu abraço e meu afeto.
Com carinho,
Graça G.G. Lacerda.


(Poeta amigo Antônio Lídio, do blog VOZES DE MINHA ALMA)

6 comentários:

  1. Un paso inesperado ante tu espacio, me doblego y acaricio así tu presencia escrita…

    Pido disculpas por mi ausencia y por este pequeño mensaje, que publico en la mayoría de los blog que visito.

    Un abrazo
    Saludos fraternos a todos…

    ResponderExcluir
  2. Que poesia linda, hein? Quisera eu estar inspirando os poetas... =)

    Ô, Graça, desculpe-me pelo sumiço! Sempre ficava de lhe fazer uma visita, mas sempre acabava deixando pro dia seguinte... rsrssrsr Eu, realmente, tenho andado muito devagar ultimamente, sabe? Hoje que acordei com mais energia! hehehehe

    Prometo que voltarei a visitá-la mais, para que não fique com saudades!

    Beijão!

    E esse espaço está belíssimo!

    ResponderExcluir
  3. Oi minha amiga...

    Que bela forma de ser homenageada! Parabéns ao Antonio pelos lindos versos...
    Gostei muito desse trecho:

    "Tudo salva, na essência do Amor
    Tudo abranda, tudo cura e floresce"

    Um abraço na alma e uma ótima semana!

    Deus seja contigo

    ResponderExcluir
  4. As pessoas são irracionais, ilógicas e egocêntricas.
    Ame-as MESMO ASSIM.

    Se você tem sucesso em suas realizações,
    ganhará falsos amigos e verdadeiros inimigos.
    Tenha sucesso MESMO ASSIM.

    O bem que você faz será esquecido amanhã.
    Faça o bem MESMO ASSIM.

    A honestidade e a franqueza o tornam vulnerável.
    Seja honesto MESMO ASSIM.

    Aquilo que você levou anos para construir,
    pode ser destruído de um dia para o outro.
    Construa MESMO ASSIM.

    Os pobres têm verdadeiramente necessidade de ajuda,
    mas alguns deles podem atacá-lo se você os ajudar.
    Ajude-os MESMO ASSIM.

    Se você der ao mundo e aos outros o melhor de si mesmo,
    você corre o risco de se machucar.
    Dê o que você tem de melhor MESMO ASSIM.

    Uma noite de paz pra você....

    Deus seja contigo

    http://www.youtube.com/watch?v=kaT_2KiAU3A&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  5. - Beleza de poema o Antonio te dedicou...
    - E eu, poeta menor, queria fazer um acróstico pra você. Mas sempre tropeço numa cedilha pelo caminho.
    - Que tal um poeminha em francês?
    - Ça va bien?
    - Qualquer dia sai do forno... abraços, Graça... e abraços, Antonio Poeta Mestre Maior!

    ResponderExcluir
  6. Uma belissima e merecidissima homenagem.
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti